Uma história interessante... Jonathan Pollard

 Uma história interessante...

Jonathan Jay Pollard é um ex-analista de inteligência para o governo dos Estados Unidos.
Em 1987, como parte de um acordo da confissão, Pollard se declarou culpado de espionar fornecendo informações classificadas ultra-secretas para Israel.
Ele foi condenado à prisão perpétua por violações da Lei de Espionagem.
Pollard cumpriu 30 anos de prisão após ser condenado por vender documentos confidenciais a Israel, chegou ao país na madrugada passada com sua esposa Esther.
Israel conferiu cidadania a Pollard, hoje com 66 anos, em 1995, e ele veio ao país com a intenção de imigrar e se estabelecer em Jerusalém.
O ex-analista da Marinha dos Estados Unidos foi preso em 1985 e condenado à prisão perpétua em 1987, após se declarar culpado de espionagem. Foi colocado em liberdade condicional em 2015 por cinco anos com restrição que o impedia de viajar para o exterior.
No mês passado, o Departamento de Estado libertou Pollard, acreditando que ele não cometeria um crime novamente e foi liberado para viver onde quisesse.
Pollard chegou ao país com sua esposa Esther - que luta contra o câncer há algum tempo - em um avião particular do bilionário americano Sheldon Adelson.
Recebeu sua identidade do primeiro ministro e muito emocionado, se ajoelhou na pista do aeroporto Ben Gurion.
Os Pollards terão que entrar em quarentena, como todas as pessoas que entram em Israel.
Falem o que quiserem, mas Israel definitivamente  é o porto seguro dos judeus.





Comentários

Postagens mais visitadas