UMA AVENTURA NA CIDADE VELHA DE JERUSALÉM

UMA AVENTURA NA CIDADE VELHA DE JERUSALÉM

Taí uma pequena aventura que resolvi fazer numa sexta feira na cidade velh a de  Jerusalém.

Era por volta de 4 e meia da tarde, quando em Israel nessa época começa a escurecer.

Entrei pelo portão do lixo, que é o mais próximo do Muro das Lamentações e claro, fui ao muro para fazer minhas preces de agradecimento.

Em época de corona, eles dividiram o espaço em cápsulas que comportam até 20 pessoas.

Como era shabat eu não podia filmar nem fotografar, mas, com todo respeito e meu espirito aventureiro, dei um jeito de filmar pra vocês.

Muita gente, mas principalmente muitos religiosos ultra ortodoxos. Gente que vive em Jerusalém, e muitos que vivem dentro da cidade velha.

Agora infelizmente, não temos turistas então, poucas pessoas não religiosas.

Depois de ir ao muro, fomos ver como estava  o mercado árabe naquele momento.

O mercado árabe, tem de tudo, mas muitas lojas estavam fechadas. Muita correria de gente indo ao Muro para o Shabat, mas também muitos árabes que vivem por lá.

Caminhando por ruelas escuras, em nenhum momento senti medo, pois sempre tem soldados protegendo o local. E muitos...a cada x metros.

Caminhei muito, cerca de 5 km pelas ruazinhas cheias de curiosidades.

Sim, pois já fui pra lá milhares de vezes, mas sempre descubro algo novo.

Percebi, que tem muitas barbearias. 

Na verdade tem de tudo, pois a população local se abastece lá dentro.

Uma correria de religiosos para chegarem a tempo no muro. Dei uma volta por lá e depois de  passar por várias ruelas do labirinto mágico e pitoresco da cidade velha, fui retornando ao Kotel para sair pelo mesmo portão o qual entrei.

As melodias, a bagunça, a correria pelo momento do shabat, tudo muito contagiante e interessante. 

Uma experiência que vale a pena.

 




 

Comentários

Postagens mais visitadas