Pular para o conteúdo principal

HORTAS INTERNAS EM SUPERMERCADO DE ISRAEL

UMA INOVAÇÃO SENSACIONAL EM ISRAEL  


Aqui em Israel tem várias redes de supermercados. A maioria são mercados que seguem as leis judaicas da cashrut.

Tem uma rede chamada Tiv Tam que é russa, onde não seguem as leis da cashrut e funcionam normalmente aos sábados. 

São um prato cheio para quem gosta de coisas diferentes.

Quatro locais da rede Rami Levy,  vendem vegetais e ervas sem pesticidas cultivados em uma fazenda vertical interna localizada no local.

Quando compramos verduras no mercado, a gente nunca sabe quando eles foram colhidos, qual a distância que percorreram pra chegar naquele lugar.

Esses detalhes são importantes, por que podem perder a potência nutricional dos alimentos rapidamente.

Com as hortas verticais, esse problema deixa de existir, pois nelas não há necessidade de pesticidas, nem de longas distâncias percorridas.

Quem criou essa tecnologia foi a Vertical Field e a rede de supermercados Rami Levy.

Eles estão operando há cerca de um ano. Hoje estão com 4 filiais em Israel.

Possuem também uma horta em Tel Aviv, no Porto de Tel Aviv, em parceria com a  prefeitura da cidade e que até 2021 há planos de expandir as operações com a Rami Levy e abrir mais fazendas verticais.

São cultivados  folhas verdes e ervas (repolho, alface, manjericão, coentro, endro, salsa e hortelã) e espinafre e bok choy já começaram a ser plantados.

Uma forma de economia de espaço e qualidade.

As plantas crescem com  iluminação LED da BioLed Eco Light Systems, uma empresa local com sede no Kibutz Tzuba, perto de Jerusalém.

A empresa afirma que a agricultura vertical interna usa 90% menos água do que a agricultura tradicional e economiza até 20 dias do plantio à colheita em um ciclo de cultivo típico.

O sistema é resistente a intempéries e pragas.

Por outro lado, a Vertical Field possui duas instalações no estado de Nova York, onde possuem duas fazendas, um supermercado e um restaurante  e tem planos de expansão ambiciosos para entrarem no mercado global.

Coisas de Israel...

Fonte: Israel 21C

Benesses para sua população e para o mundo....




 


 

 

 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SEGULOT... VOCÊ ACREDITA??? O QUE É ISSO???

Segulot Nesta época do ano (período próximo do ano novo judaico) e em todas as luas cheias as pessoas costumam enviar correntes de Segulot por mensagens. Mas o que seria isso exatamente? Etimologicamente segulot significa tesouro e é nesse sentido que é usada na Torá, quando se refere ao povo de Israel, como Am Segula.... povo escolhido. Popularmente entende-se segulot como palavras ou atos que tenham por finalidade contribuir de alguma forma para remediar ou curar o corpo ou a alma da pessoa.  É uma espécie de Tefilá (oração) que expressa concretamente , com base em desejos de fé (emuná) e confiança de que um indivíduo fortalece sua conexão com Deus. Em hebraico , a palavra Segulot, significa remédio espiritual. São apenas 28 palavras que têm um força poderosa de cura, limpeza e proteção.  É como se fosse um mantra ou uma oração falada que age como uma ferramenta mística do espírito. "Deus, nosso Divino Pai e Criador, por favor,  ande pela minha casa

ANA BECOACH... JÁ OUVIU FALAR?

ANA BEKOACH... JÁ OUVIU FALAR? Ana Bekoach é uma prece que segundo os cabalistas, das mais poderosas que tem. Ela possui uma sequência de letras hebraicas que circundam os reais poderes da criação. Ana Bekoah (lê-se ANA BEKOAH, com um “E” breve, um “O” fechado e um “H” como se fosse um r) É construída partir de 42 letras que fazem a conexão com o nome de DEUS. As sete sentenças da reza, relacionam-se com os sete dias da semana. Cada dia meditamos na sentença apropriada para tomar controle sobre aquele período de 24 horas. Domingo se conecta à primeira sentença e o shabat está ligado à última sentença. Cada mês do ano tem um corpo celeste e cada corpo tem um verso correspondente na reza Ana Becoach. Sendo assim, meditamos sobre o respectivo planeta e as letras hebraicas que criaram tanto o planeta como o signo do Zodíaco. Avraham o Patriarca, revelou os segredos astrológicos das letras hebraicas e dos signos do Zodíaco em seu tratado ca

MIRANTE AZRIELI EM TEL AVIV