Novidades de Israel

 Israel...

Tantas coisas...
Enquanto a pandemia segue, muitas outras coisas acontecem, afinal a vida não é só Covid...
A startup de Israel LittleOne. Care criou o primeiro produto para salvar o equilíbrio mental de muitos pais, com inteligência artificial do mundo para o bem-estar dos muitos bebezinhos que dormem mal a noite.
O dispositivo cabe na roupa do bebê logo acima da linha da fralda. Inclui um pequeno acelerômetro - o mesmo tipo dos encontrados em nossos telefones celulares - para medir como e quando o bebê se move.
Um gravador de voz captura o balbucio, o choro e, finalmente, as palavras do bebê. Então, a inteligência artificial transforma esses movimentos e sons em dados acionáveis para os pais.
E mais!!!
O Instituto de Pesquisa Biológica de Israel obteve autorização para iniciar os testes clínicos em humanos da vacina que está desenvolvendo contra COVID-19 em 1º de novembro.
Segundo Benny Gantz, Chefe da Defesa, já temos 25 mil doses e estamos iniciando a próxima fase.
O Ministério da Saúde e o chamado Comitê de Helsinque, órgão de especialistas israelenses que aprova experimentos em humanos, autorizou o início da "fase mais crucial" do desenvolvimento da vacina israelense contra o coronavírus.
Dois participantes receberão a vacina no próximo domingo, 1º de novembro e, se o resultado for positivo, ela será aplicada a oitenta voluntários entre 18 e 55 anos.
Os voluntários serão supervisionados durante as primeiras horas nos Hospitais Sheba em Tel Aviv e nos Hospitais Hadassah em Jerusalém, após as quais receberão alta e serão submetidos a acompanhamento médico por três semanas para verificar possíveis efeitos colaterais, assim como irão monitorar se os voluntários desenvolverão anticorpos contra o vírus.
Numa segunda etapa, prevista para dezembro, os ensaios serão ampliados para 960 voluntários maiores de idade em diversos centros médicos de todo o país e, na terceira e última etapa, prevista para abril e maio de 2021, 30 mil voluntários receberão a vacina e, se ela for efetiva, será aprovada para uso em massa.
VAMOS CRUZAR OS DEDOS!!!
O nome da vacina responde a um conjunto de siglas entre o termo "saúde" em hebraico (briut).
Enquanto isso acenamos a nossa bandeira com muito orgulho, como achei nesta esquina esta semana....
E vida que segue...



Comentários

Postagens mais visitadas