Pular para o conteúdo principal

Dia 13 de maio, Dia internacional do HUMUS!!!

DIA 13 DE MAIO... DIA INTERNACIONAL DO HUMUS!!!

O QUE É O HUMUS???

Um dos pratos mais consumidos em Israel... Humus.




Humus em hebraico é o nosso grão de bico.
Tem húmus de todos os jeitos.
Ele é uma pasta feita a base de grão de bico e especiarias.


FALAFEL- BOLINHAS FEITAS DE GRÃO DE BICO

Tem  mil receitas de húmus e todas são muito boas.
Alguns povos, como os gregos e os romanos, apreciam este legume desde a antiguidade.



  




Um dos famosos pratos é o Humus com Tahina, uma pasta a base de gergelim. Uma delícia!!!
As primeiras receitas conhecidas de um prato semelhante  ao "hummus bi tahina" estão registradas em livros de culinária publicados no Cairo no século XIII.
Dizem que o húmus, grão de bico, surgiu no período neolítico, justamente na época do surgimento da agricultura. Portanto, um dos primeiros grãos que se ouviu falar. 
Diz-se, inclusive, que até hoje os gregos e os romanos são grandes apreciadores do grão, tanto é que o nome científico desse grãozinho (Cicer Arietnum) deu origem ao nome de Cícero, um dos maiores pensadores da Roma antiga.
Indícios nos mostram que a primeira vez que o grão foi cozido e misturado com a Tehina (creme de gergelim), aqui na Terra Santa, teria sido por volta do ano 1.150, na época da segunda e da terceira Cruzada, quando Jerusalém foi alvo de conquista de reis europeus.
TAHINA
TAHINA



De lá até hoje,  o caminho foi longo e as receitas foram aprimoradas, recicladas e inventadas, conforme o tempo passou.
Receitas variadas, com ou sem alho, com ou sem pimenta, com mais ou menos tahina, mais ou menos limão, cominho, páprica, zaatar, azeite de oliva.... e muitas outras variantes que apresentam em cada prato uma mágica de sabores.
Aqui em Israel, em todos os lugares tem húmus pra comprar, prá acompanhar um prato, enfim... paixão nacional.
Combina com salada, falafel, carnes, legumes, etc...
Em Israel é servido dentro do pão pita (pão árabe), da lafa, outro tipo de pão, mais largo que a pita ou no prato mesmo, com azeite de oliva, ovos cozidos, cogumelos...

LAFA


Em tempos modernos, além de servir o Humus com a tradicional pita, muitos restaurantes e casas de húmus, incrementam os pratos com cogumelos, carne ou até ovo cozido, sempre ao gosto do consumidor. 
Aqui em Israel, o húmus e a pita, sempre fazem parte dos acompanhamentos dos churrascos.
Temos muitas Humusiot (casa de húmus), espalhadas pelas cidades.
Em Yaffo –Tel Aviv, também tem lugares com um húmus muito especial.
Nos supermercados, existem os potes de  húmus de várias marcas para vender.






 








Vai do gosto de cada um, mas sem dúvida alguma, falafel ,  húmus e shawarma, são paixões nacionais.

Bom apetite, Beteavon!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ANA BECOACH... JÁ OUVIU FALAR?

ANA BEKOACH... JÁ OUVIU FALAR? Ana Bekoach é uma prece que segundo os cabalistas, das mais poderosas que tem. Ela possui uma sequência de letras hebraicas que circundam os reais poderes da criação. Ana Bekoah (lê-se ANA BEKOAH, com um “E” breve, um “O” fechado e um “H” como se fosse um r) É construída partir de 42 letras que fazem a conexão com o nome de DEUS. As sete sentenças da reza, relacionam-se com os sete dias da semana. Cada dia meditamos na sentença apropriada para tomar controle sobre aquele período de 24 horas. Domingo se conecta à primeira sentença e o shabat está ligado à última sentença. Cada mês do ano tem um corpo celeste e cada corpo tem um verso correspondente na reza Ana Becoach. Sendo assim, meditamos sobre o respectivo planeta e as letras hebraicas que criaram tanto o planeta como o signo do Zodíaco. Avraham o Patriarca, revelou os segredos astrológicos das letras hebraicas e dos signos do Zodíaco em seu tratado ca

SEGULOT... VOCÊ ACREDITA??? O QUE É ISSO???

Segulot Nesta época do ano (período próximo do ano novo judaico) e em todas as luas cheias as pessoas costumam enviar correntes de Segulot por mensagens. Mas o que seria isso exatamente? Etimologicamente segulot significa tesouro e é nesse sentido que é usada na Torá, quando se refere ao povo de Israel, como Am Segula.... povo escolhido. Popularmente entende-se segulot como palavras ou atos que tenham por finalidade contribuir de alguma forma para remediar ou curar o corpo ou a alma da pessoa.  É uma espécie de Tefilá (oração) que expressa concretamente , com base em desejos de fé (emuná) e confiança de que um indivíduo fortalece sua conexão com Deus. Em hebraico , a palavra Segulot, significa remédio espiritual. São apenas 28 palavras que têm um força poderosa de cura, limpeza e proteção.  É como se fosse um mantra ou uma oração falada que age como uma ferramenta mística do espírito. "Deus, nosso Divino Pai e Criador, por favor,  ande pela minha casa

MIRANTE AZRIELI EM TEL AVIV