Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2015

SUKOT( A FESTA DAS CABANAS) - MAIS INFORMAÇÕES PARA VOCÊ!!!

Sukot Muitos conhecem esta festa e sabem o que significa. Aqui em Israel , mais uma vez sentimos a tradição tocando nossa alma. Desde hoje a tarde começou a festa de Sukot e mais uma vez o país parou. Ficará assim até amanhã a tardinha. Passeando pelas ruas fui fotografando algumas sukot( cabanas) para você ver como é por aqui. Em cada pedacinho de chão ou numa varanda, se constrói uma sucá. É interessante ver o movimento de pessoas nas ruas ao longo da semana, procurando ramos e enchendo carros de folhagens para construírem suas cabanas. Nem todos seguem a tradição, mas todos respeitam e isso é maravilhoso de se ver e sentir. Um pouco do significado para você... Um período alegre se inicia nas tradições judaicas... sukot...a festa das cabanas ou das colheitas. Em Sucot, temos uma mitsvá (preceito) singular, que é a construção de uma sucá (cabana). A sucá nos lembra do período de Glória que rod

Ingeborg Syllm-Rapoport - um exemplo de vida!!!

A gente não se dá conta do tempo que a gente perde pensando em bobagens,  sentindo  ansiedades por coisas que não são tão importantes. Quando vi essa reportagem, resolvi compartilhar, pois é um exemplo que todos deveriam seguir. A idade está dentro de nossas cabeças. Os obstáculos que aparecem precisam ser administrados de uma forma mais saudável e leve. Esta senhora sofreu os horrores da guerra. Aos 102 anos, Ingeborg Syllm-Rapoport recebeu oficialmente o seu diploma de doutorado, em Hamburgo, Alemanha. Em 1938, a pediatra fora impedida pelos nazistas de receber o título em virtude de suas origens judaicas. “Isto é um sinal de esperança por um novo espírito humanístico”, declarou Rapoport. “Estou contente que isso tenha acontecido na minha velha cidade de Hamburgo”, acrescentou a médica alemã. Em comunicado, a clínica universitária de Hamburgo estima que a pediatra seja “provavelmente a mais velha do mundo” a obter este diploma, com 77 anos de atraso. Nascida em

Yom Kipur... recuerdos e divagações...

                                                              Como eliminar um pecado? Podemos reparar algo que prejudicou alguém? Podemos nos desculpar, nos revermos, mas um pecado propriamente dito é impossível de ser eliminado. Claro que esse tipo de reflexão deve ser feito todos os dias, mas agora em especial parece que o universo conspira para pensarmos em muitas coisas desse tipo.  O Yom Kipur, dia do perdão, marcou muitos anos da minha vida. Quando eu era pequena morava no Bom Retiro, numa época em que ainda era um gueto judaico. E apesar de ser um bairro sem nenhuma beleza, era um local muito aconchegante e gostoso de morar. Todos se conheciam e a cada passo que dávamos encontrávamos alguém  sempre com histórias pra contar. Por volta da minha adolescência tínhamos uma turma de amigos que tinha uma diversão no dia do Yom Kipur... passear pelas várias sinagogas do bairro.  Íamos prá lá e prá cá o dia todo, nos divertindo da forma mais pura

CURIOSIDADES SOBRE ROSH HASHANÁ

                                        Rosh Hashaná Tishrei é o nome do primeiro mês do calendário hebraico, no qual se comemora o   Rosh Hashaná , o Ano Novo judaico.  Estar em Israel nessa época é uma experiência interessante....  O país entra em festa.  Toda a população se prepara para abastecer a casa, limpá-la e planejar o jantar.     A qui são dois dias de feriado quando tudo para. Esta semana  o clima ainda é de férias, quando muita gente viaja ou não trabalha. Vários setores  voltaram ao normal em suas atividades, mas na próxima terça e quarta feira que será o Iom Kipur (dia do perdão),  tudo literalmente vai parar, pois será um feriado importantíssimo para a comunidade judaica do mundo todo. Nada de carros nas ruas. Nada de ônibus. Todos exercendo sua fé num só coração. Lindo de sentir e se ver!!!!! Descobri algumas curiosidades sobre essa data e resolvi compartilhar com você. Você sabia que os israelenses consomem 40000 toneladas de mel por ano? Nes