Pular para o conteúdo principal

Postagens

IGREJA DE SANTA ANA, JERUSALÉM

 Antes de iniciar a Via Dolorosa, perto do Portão dos Leões, na cidade velha de Jerusalém, encontra-se um local especial e importante devido a sua história....Betesda...local onde Jesus praticou o famoso milagre do paralítico. Antes de chegarmos ao Tanque de Betesda, bem à nossa direita, encontramos uma linda igreja. A Igreja de Santa Ana. Danificada pelas invasões persas em 614, ela foi reconstruída e depois destruída pelos árabes em cerca de 1010. Os cruzados construíram um pequeno monastério sobre as ruínas, e em 1030 também construíram a basílica atual, uma grande igreja Romântica dedicada a Santa Ana, sobre as cavernas onde a memória do local de nascimento da Virgem foi guardada. No final do período das cruzadas Santa Ana foi transformada em  uma escola de lei islâmica, e foi negligenciada sob o império otomano.  Em 1856 os otomanos ofereceram a basílica para a França, e ela foi confiada aos Missionários da África, ou Pais Brancos, que até hoje dão boas vindas aos peregrinos. A Ig
Postagens recentes

Pater Noster- Avinu- Pai Nosso

Avinu – Pai Nosso Este local em Jerusalém, no Monte das Oliveiras, que compartilho no filme abaixo, despertou uma curiosidade bastante interessante. Este lugar é muito lindo e emana uma paz incrível. Além do que, a partir de seu jardim, temos uma vista linda de Jerusalém. Avinu – Pai Nosso Não por acaso, ao evocarmos Avinu Malkênu, Nosso Pai, Nosso Rei, nos vem à mente a oração cristã Pai Nosso. A invocação Pai Nosso = Avinu é comum na liturgia judaica. O Pai-Nosso ecoa orações judias para Deus, santificando Seu nome, falando de Seu reino, do perdão e do sustento. Cada linha do ‘Pai Nosso’ – a mais judaica das orações - contém paralela na literatura rabínica. Ela é excelente exemplo de como é impossível apreciar completamente passagens do Novo Testamento sem o seu próprio contexto judaico. Essa proximidade é mais aparente nas idéias e nas recitações da liturgia da sinagoga, com a qual Jesus, judeu devoto, devia ter estado inteiramente familiarizado. Existem muitos paralelos e paráfrase

Uma história interessante... Jonathan Pollard

  Uma história interessante... Jonathan Jay Pollard é um ex-analista de inteligência para o governo dos Estados Unidos. Em 1987, como parte de um acordo da confissão, Pollard se declarou culpado de espionar fornecendo informações classificadas ultra-secretas para Israel. Ele foi condenado à prisão perpétua por violações da Lei de Espionagem. Pollard cumpriu 30 anos de prisão após ser condenado por vender documentos confidenciais a Israel, chegou ao país na madrugada passada com sua esposa Esther. Israel conferiu cidadania a Pollard, hoje com 66 anos, em 1995, e ele veio ao país com a intenção de imigrar e se estabelecer em Jerusalém. O ex-analista da Marinha dos Estados Unidos foi preso em 1985 e condenado à prisão perpétua em 1987, após se declarar culpado de espionagem. Foi colocado em liberdade condicional em 2015 por cinco anos com restrição que o impedia de viajar para o exterior. No mês passado, o Departamento de Estado libertou Pollard, acreditando que ele não cometeria um crime

HORTAS INTERNAS EM SUPERMERCADO DE ISRAEL

UMA INOVAÇÃO SENSACIONAL EM ISRAEL   Aqui em Israel tem várias redes de supermercados. A maioria são mercados que seguem as leis judaicas da cashrut. Tem uma rede chamada Tiv Tam que é russa, onde não seguem as leis da cashrut e funcionam normalmente aos sábados.  São um prato cheio para quem gosta de coisas diferentes. Quatro locais da rede Rami Levy,  vendem vegetais e ervas sem pesticidas cultivados em uma fazenda vertical interna localizada no local. Quando compramos verduras no mercado, a gente nunca sabe quando eles foram colhidos, qual a distância que percorreram pra chegar naquele lugar. Esses detalhes são importantes, por que podem perder a potência nutricional dos alimentos rapidamente. Com as hortas verticais, esse problema deixa de existir, pois nelas não há necessidade de pesticidas, nem de longas distâncias percorridas. Quem criou essa tecnologia foi a Vertical Field e a rede de supermercados Rami Levy. Eles estão operando há cerca de um ano. Hoje estão co

SEXTA FEIRA EM YAFFO

  YAFFO NUMA SEXTA FEIRA Já falei muito de Yaffo, Tel Aviv- Yaffo, mas compartilho com você o   passeio   que fiz numa sexta feira . Muita gente caminhando, correndo, cantando, dançando, fumando, conversando... um mundo de coexistência, onde árabes, muçulmanos, judeus, cristãos e seja mais quem for, convivem pacificamente, admirando a paisagem maravilhosa do anoitecer no Mediterrâneo. O som do chamado para a reza na mesquita, o som da cantora exibindo sua linda voz e tentando ganhar um dinheirinho. Vendedor de halil, a flauta israelense, tudo acontece neste lugar especialmente interessante. E seguindo para a Marina de Yaffo, tem o quiosque de sorvetes artesanais, tem algodão doce colorido, tem alegria, tem vida, tem crianças correndo, barco navegando, diversão, tudo de bom... É um passeio que não canso de fazer. Sempre existe um ângulo diferente para se descobrir. Muita gente de máscara, mas também ou rebeldes desobedientes sem nada. Venha comigo para   Yaffo, dar uma rel

UMA AVENTURA NA CIDADE VELHA DE JERUSALÉM

UMA AVENTURA NA CIDADE VELHA DE JERUSALÉM Taí uma pequena aventura que resolvi fazer numa sexta feira na cidade velh a de  Jerusalém. Era por volta de 4 e meia da tarde, quando em Israel nessa época começa a escurecer. Entrei pelo portão do lixo, que é o mais próximo do Muro das Lamentações e claro, fui ao muro para fazer minhas preces de agradecimento. Em época de corona, eles dividiram o espaço em cápsulas que comportam até 20 pessoas. Como era shabat eu não podia filmar nem fotografar, mas, com todo respeito e meu espirito aventureiro, dei um jeito de filmar pra vocês. Muita gente, mas principalmente muitos religiosos ultra ortodoxos. Gente que vive em Jerusalém, e muitos que vivem dentro da cidade velha. Agora infelizmente, não temos turistas então, poucas pessoas não religiosas. Depois de ir ao muro, fomos ver como estava  o mercado árabe naquele momento. O mercado árabe, tem de tudo, mas muitas lojas estavam fechadas. Muita correria de gente indo ao Muro para o Sh

EVEN YEHUDA uma linda cidade a meia hora de Tel Aviv

Even Yehuda Israel tem muitas cidades. Algumas bastante conhecidas, outras nem tanto. Percorrendo as estradas, vamos descobrindo cidades muito interessantes, mas que não são muito divulgadas. Esta é uma delas... Even Yehuda  . Um lindo país, repleto de paisagens diversificadas, onde certamente existe um cuidado muito grande no que diz respeito à qualidade de vida do cidadão. Aos poucos te mostro as maravilhas e curiosidades desta Santa Terra Santa.