Os subterrâneos do Muro das Lamentações....Wowwww!!!!!!

Estou tendo alguns dias de folga e por isso aproveitando para conhecer alguns lugares que ainda não havia ido  aqui por Israel. 

Um país pequeno, mas com uma quantidade enorme de lugares para visitar e, com a vantagem de poder fazer isso em algumas horas e a baixo custo, devido às pequenas distâncias. 

Hoje fiz um passeio incrivelmente interessante que queria ter feito há mais tempo, mas hoje foi o dia perfeito para isso.

Pesquisei na internet  e acabei encontrando o que queria. 

Paguei pelo site do kotel  e reservei o horário de uma excursão a ser feita  embaixo da cidade velha de Jerusalém, o subterrâneo do Muro das Lamentações.

Fiz o passeio com um guia que fala em espanhol, pois assim foi bem mais tranquilo de entender tudo.

Meu hebraico está crescendo, mas ainda falta muito vocabulário para poder entender tudo.

Paguei 30 shekel pelo passeio e valeu cada centavo.

Enfim... foi um momento muito bacana que compartilho com você com fotos e um filme dessa aventura.

A visita começou exatamente na hora marcada, com uma abordagem geral sobre as etapas da construção do Monte do Templo, com a ajuda de um modelo que fizeram em madeira, uma maquete, e também um filme.
Neste filme vimos o Monte Moriá, onde aconteceu a fundação da primeira pedra a partir da qual o muro foi criado.
 Também vimos as construções de Herodes e dos muçulmanos.
Burros foram usados para puxarem as pedras e também toras de madeiras que eram colocadas em baixo das pedras para que rolassem por alguns metros.
Impressionante imaginar como eles construíram tudo, sem a tecnologia que temos hoje. O calor, as dificuldades, a força que tinham que fazer.
Um verdadeiro milagre que conseguiram erguer.

Existem passagens subterrâneas com base no século 15, onde suspeitam-se que David usava para ir de seu palácio, a Torre de David, ao lado do Portão de Jaffa para rezar no templo.

A parede sul foi construída durante o período romano e a parede norte é a frente da grande ponte que leva ao Monte do Templo.

Ao longo do passeio vemos as pedras do muro ocidental com suas bordas esculpidas e pedregulhos enormes. É impressionante o tamanho delas e imaginar como foram transportadas e colocadas em seus lugares nos métodos de construção durante o período de Herodes. 

Muitas dessas pedras foram as maiores encontradas  em Israel, com peso médio de 500 a 600 toneladas cada uma.

O muro foi construído sem cimento ou qualquer material adesivo para ligar as pedras umas nas outras.




A passagem estreita ...

 Nela existem em alguns trechos,  pisos de vidro com visão para vermos as pedras do Muro arremessadas pelos romanos durante a destruição do segundo templo, assim como a fundação do muro, abaixo do solo.

Ao longo da passagem tem poços de água que foram construídos de acordo com as casas velhas da cidade durante a idade média.
Tem algumas passagens bem estreitas e apertadas,onde se a pessoa tiver claustrofobia, pode se incomodar um pouco. 
Mas eles instalaram ventiladores em todo percurso, o que ajuda e muito  os turistas que tem vontade de conhecer esse encantador local cheio de energias e  muitas histórias.
Mais um passeio imperdível em Israel!!!
Deleite-se no filme e nas fotos...






































































RECENTE

AEROPORTO BEN GURION

Chegadas e partidas no aeroporto mais cobiçado do mundo... Aeroporto Internacional Ben Gurion. Um amálgama de emoções, ansiedades, trist...

Viaje pelas postagens...