Continuando minhas andanças... A Torre de David, Jerusalém.

Jerusalém é uma cidade especialmente rica em termos de construções, arquitetura,  história e circuito de gente de todo o mundo.
Simplesmente encantadora!!! 
Uma cidade de contrastes, que abriga árabes, judeus, religiosos e cristãos. 
Uma cidade que recebe gente do mundo inteiro todos os dias do ano.
Não sei se moraria em Jerusalém, mas amo visitar essa cidade sempre que posso.
Muito calor no verão e um inverno muito frio, que chega a cair neve. Linda das duas formas!!
É delicioso caminhar pelas ruelas da cidade velha e contemplar cada centímetro delas. Sempre se descobre algum detalhe nunca visto.
 Sempre percebo alguma loja interessante para ser fotografada. 
Todas as vezes que vou até lá, fico inebriada pelo movimento, pelos cheiros, pelos sons característicos daquele lugar, além dos tipos estranhos e pitorescos que sempre aparecem para ilustrar o cenário...um palco de muita inspiração.
Já mostrei muitas fotos e lugares de Jerusalém em outras matérias deste blog. 
E com certeza essas abaixo não serão as últimas....



































A Torre de David...


Ontem, além dos subterrâneos do Muro das Lamentações, conheci a Torre de David por dentro.
A Torre de David, (em hebraico: מגדל דוד, Migdal David) é uma antiga cidadela localizada próxima à entrada do Portão de Jafa na cidade velha de  Jerusalém.
 Construída para fortalecer um ponto estrategicamente fraco na defesa da Cidade Velha, a pequena cidade foi construída durante o segundo século a.C. e,  subsequentemente destruída e reconstruída sucessivamente,  por conquistadores  cristãos, muçulmanos, mamelucos e otomanos de Jerusalém.
 Ela contém achados arqueológicos importantes datados de 2 700 anos.
Ela é linda de dia e a noite, quando tem festival de luzes coloridas que enchem os olhos dos turistas.
Vemos muitas ruínas, pedras que exalam história. 
Essa torre atravessa séculos... suas muralhas tem quase 500 anos de idade. Elas fazem parte da cidadela turca, cujo o construtor foi Herodes.
Lá de cima temos uma vista incrível de Jerusalém. 
Embaixo tem o museu onde exibem vídeos, fotos e as complexidades de anais da história humana.

O bilhete para conhecer o local custa a partir de 40 shekel, pago na entrada do museu. 
Ao menos uma vez ao dia e uma vez a noite merece ser visitado. 
A noite eu ainda não fui. 
Mas quando for você irá comigo de alguma forma, com certeza.







































Até breve e obrigada por fazer parte do meu caminho....

RECENTE

FABRICA DE VELAS EM SFAT MARAL

Viaje pelas postagens...