Um encontro casual e perfeito com meu amigo e guia turístico Marcio Kramer

Viajar já é bom demais.  Se eu pudesse, faria isso como profissão, todos os dias. Agora... viajar ao lado de um guia, é tuuudo de bommm, principalmente um guia como o Marcio, que  além de muita informação histórica sobre os lugares, tem a paciência de mostrar tudo com prazer e simpatia. Ele realmente gosta do que faz e isso colabora com a qualidade de seu trabalho e com o aproveitamento da nossa viagem
Não é simplesmente alugar um carro e sair sozinho. Não... você contrata alguém que sabe os caminhos, tem o carro e conhece de ponta a ponta muitos detalhes e histórias que fazem da nossa viagem um momento inesquecível e hiper aprazível.
Sexta feira passada foi feriado em Israel e saí para o litoral norte para fotografar e curtir uma estrada, quando tive o prazer de encontrar o meu amigo querido Marcio Kramer.
Foi um presente, pois ele se dispôs a dar umas voltas comigo pela região. Entrei em seu carro e ele enriqueceu meu passeio.
Aliás, um carro confortável , com ar condicionado, perfeito para fazer uma 
viagem com prazer.



Passamos primeiro por Akko.
Eu já tinha ido para lá, mas conheci outro lado da cidade que nunca tinha visto. 






























Akko é uma cidade linda e repleta de histórias.
Passamos rapidamente pela cidade e entramos no Jardim Bahai de Akko. 
Ao contrário dos Jardins de Haifa, este é também maravilhoso, mas totalmente plano. Nele está o túmulo do fundador do Templo Bahai.
Em outra matéria já contei um pouco sobre isso, mas com o Marcio ao lado, fui descobrindo mais detalhes que não sabia, pois claro, ele estudou, é um profissional do turismo em Israel.
Em julho de 2008, Os Jardins Bahais em Haifa e Akko, foram inscritos na UNESCO, como patrimônios Mundiais, em reconhecimento do seu valor universal excepcional, como lugares sagrados e de peregrinação para os seguidores da Fé Bahai.
Seus jardins formam um grande círculo em torno da mansão histórica, onde Bahaullah, o profeta fundador da Fé Bahai, residiu durante os últimos anos da sua vida e do santuário, onde seus restos mortais foram enterrados para descansar. A chegada para o jardim circular é um longo caminho reto, moldado com ciprestes e plantações maravilhosas. Na medida que você anda, o silêncio parece que cresce em intensidade.
Entrar no coração do jardim é como chegar num mundo de paz e serenidade. É um santuário sem paredes, protegido sem ser fechado.








































Um pouco de história....

 A Fé Bahai é uma religião monoteísta nascida no século XIX que se vê como a continuação das grandes religiões do mundo com uma nova mensagem para a idade moderna.
Graças à visão que abarca o mundo dos seus fundadores e o amplo apelo de seus ensinamentos, esta fé  se espalhou  pelo mundo em 150 anos, tornando-se um movimento universal, com vários milhões de crentes que vivem em todas as partes do planeta e que reflete a diversidade de sua população.
Os Jardins Bahais em Haifa e Akko,  juntamente com os edifícios encontrados neles, representam tanto a memória histórica  como o coração contemporâneo  da comunidade Bahai  em todo o mundo. Este Jardim de sonhos está localizado na extremidade norte da cidade de Akko.
Mais um lugar lindo para visitar e fotografar.
Um lugar inspirador para quem respira arte, como eu.
Passamos por Akko rapidamente....
Depois farei uma matéria sobre essa cidade repleta de história e beleza.
Akko ou Acre é uma viagem emocional a um passado glorioso e uma experiência especial, também declarada pela UNESCO como Patrimônio Histórico Mundial.
Akko inclui remanescentes memórias do período helenístico – romano , bem como estruturas dos cruzados e períodos otomanos, assim como a cidade subterrânea, onde encontram-se os banhos turcos, etc... Os coloridos mercados orientais de Akko, as muralhas, museus, praias, o porto dos pescadores,a marina  e vários festivais pitorescos durante o ano, são muitas dos elementos que fazem dessa cidade um outro lugar especial de Israel.
Em outro momento  farei uma matéria mais completa sobre essa riqueza de Israel.
Depois de Akko, fomos a Rosh Hanikra, um paraíso em Israel.
    No caminho passamos pela entrada do Ghetto Fighters' Kibbutz, onde o       Marcio me contou um pouco deste local. Outra futura matéria para este blog.





 Um aqueduto impressionante recebe os visitantes à entrada para  o Kibutz
fundado em 1949, por sobreviventes do Holocausto da Polônia e Lituânia, onde uniram combatentes da insurreição do gueto de Varsóvia, guerrilheiros e prisioneiros que haviam cumprido as penas nazistas, e deram-lhe o seu nome, Lohamei Haghetaot em hebraico, que significa combatentes do gueto,  em memória dos combatentes nos guetos, florestas e exércitos, enfatizando a vida aqui e agora. 
No kibutz também marcou o início de um museu que documenta o Holocausto e tem um anfiteatro onde cerimônias memoriais são realizadas em lembrança ao holocausto .
Mais tarde estabeleceu o complexo do museu um "Memorial das Crianças" para homenagear a memória de  um milhão e meio de crianças judias assassinadas no holocausto
 Os principais ramos agrícolas são os pomares, bosque de abacate, culturas, piscinas de colheita de peixe, explorações leiteiras e de aves e um centro de incubação.
 As principais indústrias incluem KAMA Capacitores e Eletrônica Israel e Tivall Min Hatsomeach Ltd, que é especializada no desenvolvimento e produção de produtos de carne substitutos vegetarianos feitos a partir de ingredientes naturais.
 A gama Tivall combina soja e proteínas de trigo com cálcio, ferro e vitaminas A e B. Eles são pobres em gordura, ácidos gordos saturados e não contém colesterol ou artificiais conservantes ou corantes. 
A gama foi especificamente desenvolvido para ser nutricionalmente equilibrado e ser um completo fonte de proteína fortificada com nutrientes que podem de outra maneira faltar em uma dieta livre de carne. 
 Tivall tornou-se a principal fonte de renda para o kibutz. Recentemente, o kibutz entrou para a indústria do turismo, com a abertura de um local para dormir e comer. 
Muitos membros têm encontrado trabalho fora do kibutz em vários campos e profissões.
No coração do kibutz fica a casa dos combatentes do gueto, servindo tanto como um museu como um centro de pesquisa e documentação do Holocausto.

E assim, seguimos o passeio encontrando um mar turquesa que alimenta a alma com sua formosura... Rosh Hanikra.
 Como era um lindo dia de feriado, estava lotado de gente.
Rosh HaNikra ou Hanikra , em hebraico : ראש הנקרה , significa  Cabeça das Grutas. 
É  uma formação geológica em Israel,  localizada na costa do  Mar mediterrâneo  no  oeste da Galiléia.


















































Uma branca  face de penhasco que se abre em espetaculares  grutas.
As grutas de Rosh HaNikra são túneis cavernosos formadas pela ação do mar sobre a rocha de giz macio. O comprimento total é de cerca de 200 metros. Eles se ramificam em várias direções com alguns segmentos de interligação. No passado, o único acesso a eles era do mar e mergulhadores experientes foram os únicos capazes de visitar. 
Hoje, um teleférico leva os visitantes para baixo para ver as grutas.
A área em torno de Rosh Hanikrá inclui  um número  considerável de reservas naturais.
Mais adiante farei uma matéria especial sobre este lugar espetacular.
Logo em seguida fomos ao Kibutz Rosh Hanikra e descobri através do Marcio, uma história bem interessante sobre este lugar.
Este kibutz, localizado perto das grutas de Rosh Hanikra, tem uma população aproximada de 1600 pessoas e foi criado em 6 de janeiro de 1949 por soldados, pessoas de movimentos juvenis sionistas, membros e jovens sobreviventes do 
Holocausto
No kibutz plantam-se abacates e bananas. 
Em 1974, os membros do kibutz fundaram  a  empresa de biotecnologia  chamada Rahan Meristem, que incluiu o primeiro comercio de cultura de tecidos de laboratório no país. 
Rahan desenvolveu novos procedimentos de grande escala, in-vitro, propagação clonal de mais de 200 gêneros de plantas, incluindo plantas ornamentais, industrial, frutas e hortaliças. Em meados da década de 1980, bananeiras in-vitro  propagadas tornou-se o principal produto.
Rahan é agora um centro de pesquisa e consulta para a indústria da banana em todo o mundo.
 Um departamento formal de P & D foi criada em 1991 para prestar apoio técnico. Áreas de especialização incluem genética molecular e clássica, célula vegetal e cultura de tecidos, bioquímica de plantas e fisiologia, bacteriologia e biotecnologia industrial. Os métodos também têm sido desenvolvidos para o controle de contaminação de microorganismos,  detecção precoce e a eliminação de variação somaclonal, a redução de custos de trabalho e de produção, etc...
O que seria variação somaclonal???
Claro que eu também não sabia e fui atrás pra saber...
É a variação observada em plantas que tenham sido produzidas por cultura de tecidos vegetais.O principal benefício provável de variação somaclonal em plantas é melhoria. A variação somaclonal leva à criação de variabilidade genética adicional. 
A micropropagação pode ser realizada ao longo do ano, independente das estações e plantas.
Muito bacana, né?
Essa tecnologia facilita a adaptação de mudas para qualquer tipo de região e solo. A partir daí eles vendem mudas para o exterior para que serem plantadas em outros lugares.
Por exemplo... você tem uma fazenda no Panamá. Você pede a ele que desenvolva mudas para serem plantadas em sua fazenda de acordo com as condições climáticas dela. Ele desenvolve isso para você e você consegue desenvolver sua plantação em seu território.
Um trabalho bem interessante...
Este kibutz como toda maioria dos kibutzim, passaram a vender ou alugar terrenos a outras pessoas que não pertenciam a ele. Por isso ele tem um lado mais antigo e um lado moderno, onde tem casas maravilhosas, construídas 
pelos novos moradores.










































Um lugar lindo e perto do mar.
Saímos de lá e passamos por Naharia, onde existe um espaço bem interessante e agradável, onde o dono construiu dois chalés para serem alugados, um restaurante e um terreno para camping.
Sentamos no restaurante para comer algo e foi um encontro muito agradável com os donos de lá.
Ele  funciona até a noite e sempre tem shows e agitos que atraem gente de vários lugares.
Como uma boa turista e extremamente curiosa, não pude deixar de averiguar o cardápio, prá ver se valia a pena ou não, e achei os preços bem justos diante do 


 que oferecem, além da simpatia da 
recepção e a beleza do local.



Na volta pegamos novamente a estrada e ele me mostrou uns lugares onde existem várias aldeias árabes. Outras histórias interessantes que o Marcio tem prá contar. 
 Depois terminamos nossa pequena viagem que aconteceu sem planejamento, mas foi um presente incrível que recebi e faço questão de compartilhar e claro, indicar o Marcio como seu guia brasileiro em Israel.
O Marcio tem um carro confortável, com tração nas 4 rodas e ar condicionado. Ou seja, você viaja confortavelmente escutando uma boa música e recebendo uma fonte rica de informações sobre os locais que visitarem.
Ele também faz roteiros especiais, de acordo com o interesse de seus clientes.
Vale muito a pena o investimento.
Super  recomendo o guia Brasileiro em Israel, Marcio Kramer.



RECENTE

FABRICA DE VELAS EM SFAT MARAL

Viaje pelas postagens...