Aluguéis em Israel... uma pequena noção

Muita gente tem me perguntado sobre aluguéis em Israel.
Resolvi escrever essa matéria para contar um pouco de como funciona essa questão.
Os aluguéis aqui não são baratos.
Durante os últimos anos os aluguéis aumentaram uma média de 25% a 35%, dependendo da cidade.
Logicamente as maiores cidades oferecem melhores oportunidades de emprego, mas muitos israelenses optam por alugar habitação em áreas periféricas, mesmo que isso signifique um custo mais alto de transporte e tempo de viagem.
Segundo uma pesquisa, tomando por base um apartamento de 3 quartos, ou seja, 2 dormitórios, sala, banheiro e cozinha, ou sala acoplada com cozinha, localizado num terceiro andar.... passo alguma idéia de custos.
Claro que existem variáveis, quanto ao andar do apartamento, se tem elevador ou não...
Muitos prédios baixos de até 4 andares, não possuem elevador.
Muitos deles estão sendo totalmente reformados, mas ainda existem milhares nessas condições.

Jerusalém




Em Jerusalém, alugar um apartamento  de 90 m 2  com as características mencionadas,  custa em média US $ 920.
No centro de Jerusalém, em uma área perto da cidade velha e considerada uma das áreas mais caras, alugar o apartamento nesse padrão, com  uma área de 100 m 2 fica em  cerca de US $ 1700.
Já em Givat Zeev uma pequena cidade a 20 minutos de Jerusalém de carro, uma habitação para dessas, com 85 m 2 , é de cerca de US $ 660  até US $ 1000.

Tel Aviv



A oferta de habitação para alugar em Tel Aviv e seus arredores é a maior em Israel, mas os custos são consideravelmente mais elevados.
Em uma área de Tel Aviv lotada com alto tráfego e pouco silêncio, apartamento no padrão mencionado  de 80 m 2 , é em torno US $ 1100.
Alojamento em uma casa um pouco maior que 90 m 2 , mas num local melhor e mais silencioso - pode custar muito mais do que US $ 1900.
Tomando o exemplo de Kiryat Ono , cerca de 30 minutos de Tel Aviv, um apartamento em um terceiro nível de 70 m 2 , pode-se encontrar por US $ 790 ou um de 80 m 2 em  US $ 970, custos significativamente mais baixos do que em Tel Aviv .
Quanto mais você se afasta de Tel Aviv, os preços vão diminuindo. 
Eu por exemplo, estou morando em Bat Iam. Optei por ser perto do centro, tem condução fácil para todos os lugares e tem praia. E claro, os aluguéis são mais baratos que em Tel Aviv.

Haifa e arredores





Embora seja uma das cidades mais importantes de Israel, Haifa é notoriamente mais barato em comparação com os custos de  Jerusalém e Tel Aviv, assim como também em áreas vizinhas, os custos de aluguéis não são significativamente diferentes de Haifa.
Dizem que quem mora em Haifa, não quer mais sair de lá. E tem também os que detestam, por seu terreno ingreme, que dificulta para quem não tem carro.
Em uma área modesta de Haifa , alugar o apartamento do exemplo citado acima, com 65 m 2 é em torno de U$650 . Num nível melhor, alugar uma casa de 80 m 2 pode custar cerca US $ 1200.
Nas kraiot, ou seja,  pequenas cidades que existem pertinho de Haifa,  Kiryat Bialik , Kiryat Motskin ,Kiryat Yam, Kiryat Bialik, Kiryat Ata e Kyriat Haim,  aluguéis de apartamentos com as características mencionadas, ficam em média US $ 607e US $ 840.

O Israel do norte e do sul

Definitivamente preços mais baixos de aluguel em Israel estão nas extremidades do país, principalmente no sul, no entanto, as oportunidades de trabalho são também menores do que no centro da cidade e as condições salários não são tão altos.
Alugar um apartamento como mencionado e 65 m 2 em Be'er Sheva , uma das maiores cidades no sul de Israel, varia em torno de US $ 520. Para um apartamento muito maior, com 125 m2 , o custo fica em torno US $ 870.
Em Siderot, Ashkelon e Ash Dod, Kiriat Gat,  também cidades do sul, os custos de locação também são mais baixos, mas caímos novamente na questão trabalho. Muita gente utiliza essas cidades como dormitório e vão trabalhar no centro do país.
Nem se compara a vida numa cidade mais afastada  com a loucura de Tel Aviv. Mas cada uma tem seus atrativos especiais.

Alugando um apartamento em Israel


Chegar num país totalmente diferente do país de origem e alugar o primeiro apartamento é sempre uma experiência desafiadora, mas a vantagem aqui é que pelo menos na maioria dos imóveis  não há tanta burocracia, nem tantas exigências.

O contrato de aluguel padrão em Israel é de um ano com preferência de renovação para você, portanto você só sai do imóvel ao final do contrato se quiser.Em  Israel não se quebra contrato com facilidade, então se você alugou um imóvel por um ano e quer sair, tem duas opções ou fica por um ano morando naquele endereço e depois se muda ou tenta passar o seu contrato para alguém.

Transferir contrato é uma coisa muito comum em Israel.
Em Israel não se costuma pedir garantia em dinheiro como no Brasil.  O método mais comum é o proprietário ou o corretor pedir até três meses de aluguel adiantado e depois você fica três meses sem pagar aluguel, só voltando a pagar aluguel a partir do quarto mês. Isso não é garantia é apenas pagamento adiantado.
Se você alugar através de um corretor, certamente terá que pagar um aluguel a mais pelo serviço dele depois do contrato assinado.
Com sorte você encontra gente que faz esse trabalho pela metade do preço.

Também é comum proprietários que queiram receber o aluguel de dois em dois meses, como aliás são quase todas as contas em Israel, bimensais (luz, gás, água etc).
Outra coisa que o proprietário pode pedir é que você dê os 12 meses em cheque pré-datado. Pois é, o cheque pré-datado não é um privilégio somente do Brasil.
Outra alternativa  para quem está alugando o primeiro apartamento é alugar um studio que é um apartamento normalmente bem pequeno, tipo quarto, banheiro e uma mínima cozinha,  porém com todas as contas incluídas ou pelo menos com luz, água e arnona (imposto tipo IPTU) incluídos  e tem alguns que cobram gás à parte.
Ao final de um ano, os aluguéis costumam ser reajustados e esse reajuste é fixado pelo governo, normalmente varia de 8% a 10%, mas claro tudo sempre pode ser conversado e é possível permanecer alguns anos no mesmo endereço sem reajuste algum.
Uma  coisa importante que você precisa saber é que qualquer problema que ocorra no apartamento é responsabilidade do proprietário. Mas é bom garantir colocando uma cláusula sobre isso no contrato, evitando dores de cabeça futuras.
Sua única obrigação é pagar seu aluguel e conservar o imóvel. Nenhum custo extra será passado para você. Portanto, se estourar um cano, tiver um vazamento  ou qualquer outro problema de ordem estrutural, a única coisa que você pode e deve fazer é comunicar ao proprietário e pedir para que ele conserte. Geralmente eles prestam ajuda rapidamente.
O custo do Arnona, imposto pago aos municípios ou câmaras municipais é mais caro nas grandes cidades e depende de vários fatores como região do imóvel, localização....
Para o novo imigrante que ainda está se adaptando à nova vida, nem todos esses custos são possíveis de pagar em proporção ao salário que ganha. Por isso é muito comum dividirem apartamentos entre 2, 3 ou 4 pessoas, onde cada um reduz bastante as suas despesas.
Espero ter contribuído com alguma coisa passando essa noção por aqui.
Até a próxima!!!!

RECENTE

FABRICA DE VELAS EM SFAT MARAL

Viaje pelas postagens...