Visitas nas praias de Israel!!! Medusa ou água-viva?

by - julho 13, 2015

As medusas, mães d'água, águas-vivas ou alforrecas são forma de vida livre, que se encontram nas classes scyphozoa, hydrozoa e cubozoa. 
Bonitos nomes, né?
Quase todas as medusas vivem nos oceanos, como componentes do zooplâncton.
A primeira que encontrei aqui foi na praia de Bat Iam . Ela estava na areia. alguém a retirou do mar.
Era uma "coisa" azul claro, parecia um personagem de filme de ficção científica. Grande, de forma arredondada, gelatinosa e muito estranha.


A forma delas pode variar desde um disco achatado até uma campânula quase fechada; na margem livre deste disco, que pode ser lisa, fendida ou ondulada, as medusas ostentam coroas de tentáculos com células urticantes, os cnidócitos, capazes de ejectar um minúsculo espinho que contém uma toxina, o nematocisto. Em algumas medusas, principalmente nos Scyphozoa, onde são mais desenvolvidas, a boca, chamada arquêntero, está munida de tentáculos, também com células urticantes e, por vezes, um véu chamado manúbrio. As medusas usam estes "aparelhos" não só para se defenderem dos predadores, mas também para imobilizarem uma presa, como um pequeno peixe, para se alimentarem. O corpo das medusas é formado por 95-99% de água.




Em época de verão temos aqui em Israel algumas semanas que fica perigoso entrar na água do mar. As famosas águas viva  aqui chamadas de medusas, aparecem em quantidade, grandes e pequenas, e, se encostam na pele elas provocam queimaduras e coceiras muito fortes. É preciso tomar cuidado, principalmente com as crianças. Tem grandes, pequenas, médias, mas todas são um risco. Até na beira dágua elas aparecem aos montes.

 Variações climáticas e a pesca desenfreada provocam a proliferação inédita de medusas em países da orla do Mediterrâneo. Em Tel Aviv, essa é uma época bem arriscada para se banhar. Elas são transparentes e por isso muitas vezes não as percebemos.

Elas tem uma aparência etérea e até são bonitas, mas o contato com elas pode ser muito doloroso e em alguns casos até mesmo fatal.

Existem várias espécias de medusas. Elas sempre fizeram parte dos oceanos, mas nos últimos anos uma grande quantidade de banhistas picados por medusas alarma as autoridades e cientistas de países costeiros, preocupados com a segurança de turistas e o futuro da biodiversidade da marinha local. Em torno de 150 mil pessoas anualmente, são tratadas por machucados ligados a picadas de medusas às margens do Mediterrâneo.

As espécies comuns da região não contém venenos fatais, mas podem causar queimaduras, dores, ardência e câimbras musculares.

A pesca apresenta impacto imediato. Alguns governos de países mediterrâneos cogitam a implantação de redes em alto mar para afastar as medusas da costa. Mas talvez essa não seja a melhor solução, pois as redes atrapalhariam a vida marítima.

Essas criaturas gelatinosas estão dando o que falar. No verão elas atrapalham a vida dos pesacadores, que não podem sair para o mar, pois sabem que irão pegar mais medusas que peixes. Pesquisas dizem que apesar de ser um fenômeno cíclico a tendência tem sido de alta, ou seja, há cada vez mais medusas nas praias do Mediterrâneo.

Segundo pesquisadores, com a pesca desenfreada são criadas condições para o aparecimento de medusas em quantidade assim que a temperatura esquenta. Ninguém merece, né? Justamente nessa época em que o calor atinge a marca de 40 graus em média, a gente não pode se refrescar nas águas do mar. Ainda bem que temos muitas piscinas.

Há alguns anos atrás, uma menina pequena, foi picada por uma medusa, numa praia ao norte de Israel. Num primeiro momento os pais não deram muita importância para o incidente, mas ela começou a ficar apática e confusa, desenvolvendo uma reação alérgica e sua mão começou a ficar azulada e inchada. Foi levada às pressas para o hospital onde foi diagnosticada com queimaduras de segundo grau nas mãos, pernas e pescoço. O calor funciona como um catalisador para a reprodução das espécies. Além do turismo, elas causam danos às usinas elétricas, pois são sugadas pelo sistema de refrigeração entupindo os canos e impedindo o resfriamento dos geradores.

Em muitos casos, precisam desligar as maquinas até que as medusas sejam retiradas... um trabalho penoso e demorado.

Existem pesquisas para tentar identificar meios de desviar essas criaturas gelatinosas das usinas. Tem medusas que chegam a quase um metro de diâmetro e outras são bem pequenas. Segundo a pesquisadora Bella Gallil, uma das maiores especialistas no assunto no mundo, do Centro de pesquisa Oceanográfico e Limnológico de Israel, os  cardumes se mantém afastados a 100 metros de distância da praia, mas muitos são levados à beira dágua pelo vento e correnteza e é claro, aí que mora o perigo. Quando chegam à praia elas morrem, mas nessa etapa muitos banhistas já foram picados. As pessoas devem ser alertadas e devem aprender a se prepararem em caso de picadas. Aconselha-se levarem uma garrafinha com vinagre para a praia, pois ele contém propriedades analgésicas que aliviam a dor da queimadura. Desde 2009, cientistas pedem que turistas, pescadores, mergulhadores e moradores enviem informações sobre as medusas, para eu possam mapear as áreas mais afetadas. Muitas espécies de medusas se deslocam através do comércio internacional. Navios de carga trazem sem saber essas criaturas e elas acabam ficando nas costas marítimas. Na China elas são usadas como alimento, assim como os peixes. Elas também são usadas contra pressão alta e bronquite há séculos por médicos asiáticos. Há uma espécie de medusa que é capaz de reverter o processo de envelhecimento. Elas são repletas de anti- oxidantes e proporcionam moléculas que podem dar origem a produtos farmacêuticos e  cosméticos bem interessantes. Ou seja, o que pode a princípio ser visto como uma praga, pode ser um grande benefício para os seres humanos.


Fontes:
Internet, Daniela Kresch

You May Also Like

0 comentários

Follow by Email

JÁ FALEI POR AQUI

[agua- viva ABRIGO ADEGA aeroporto agência de turismo Agentes de Viagem AGRICULTURA ÁGUA AHAVA AJUDA ALEGRIA ALEGRIAS ALERTA ALIÁ ALIMENTAÇÃO aluguel AMOR ANIMAIS ANO NOVO JUDAICO ansiedade ANTIGO Antiguidade AQUECEDORES ÁRABES ARQUEOLOGIA ARQUITETURA ARTE ARTESÃO Árvore da vida ÁRVORES ASSISTÊNCIA ATIVIDADE ATROCIDADES AUDÁCIA AVENTURA avião AVIÕES ÁZIMO BANDEIRA DE ISRAEL BARCO BEDUÍNOS BEER SHEVA BELEZA belezas naturais Bíblia BNEI BRAK bom retiro BOMBAS BORDEU BUNKER CABALA cabanas Cachorros Cairo CALCÁRIO CALOR CAMINHADA CAMPANHA CAMPOS CÂNCER cannabis CANTORIA caravanas CARNAVAL CAVERNA cavernas CEGOS chamsa CHEF CHEIROS CHUVA Cidades israelenses CIÊNCIA cinema CLIMA comemoração COMIDA COMIDAS COMPUTAÇÃO comunistas CONFLITO CONSCIÊNCIA CONSTRUÇÃO CONTRIBUIÇÃO CORAÇÃO CORAGEM CORRENTEZA COSMÉTICOS COSTUMES CRAINÇAS Cratera CREMES CRENÇA CRIANÇA CRIANÇAS CRIATIVIDADE CRISTÃOS CUIDADO CUIDADOS culinária CULTURA CURA CURIOSIDADE CURIOSIDADES Custo de vida DATAS DEFESA DEFICIÊNCIA DESCOBERTA DESCOBERTAS DESENVOLVIMENTO DESERTO DESESPERO DETERMINAÇÃO DEUS devotos DIA DIA DIÁSPORA DISCIPLINA discriminação DISTRAÇÃO diversão DOCES doenças doutorado economia EDUCAÇÃO Egito ELEIÇÕES ELETRICIDADE emergência EMPRÉSTIMO DE EQUIPAMENTOS. EMUNÁ ENERGIA ERETZ ESCULTURA ESCULTURAS. Esfinge ESPAÇO CULTURAL ESPECIARIAS ESPERANÇA ESPÍRITO ESTAÇÃO ESTALAGMITES ESTILO DE VIDA ESTRADA ESTRADAS ESTRESS evangélicos Excursão EXERCITO EXÉRCITO EXODUS EXPLOSÃO EXPLOSÕES EXPOSIÇÃO Falafel FAMÍLIA FANTASIA FEIRA FENÔMENO FÉRIAS FESTAS FESTAS JUDAICAS FLORES FOGUETES FOLCLORE FOOTING FORÇA FORÇA DE DEFESA DE ISRAEL Frutas FRUTOS GALERIA GALILÉIA GARRA GASTRONOMIA GAZA GENTE Golda Meir gourmet gps GRUPO GUERRA Guerra do Yom Kipur Guia turístico HAIFA HAMAS HAMSIM HATZERIM HEBRAICO HELICÓPTERO HESBOLAH HIDROTERAPIA HINO HISTÓRIA histórias Holocausto Holyland HOMENAGEM HORÁRIOS DE VIAGEM HOTEL humanidade Humus idade avançada IDADE MADURA IDF IDOSOS IGREJA INDEPENDÊNCIA INQUISIÇÃO INSTRUMENTOS MUSICAIS INTELIGÊNCIA internet INVASÃO INVENÇÕES IRON DOME IRRIGAÇÃO ISRAEL Israel. segurança ISRAEL. TURISMO JARDINAGEM Jardins jejum JERUSALÉM Jordânia JUDAICA JUDAISMO JUDAÍSMO JUDEU judeus JUSTIÇA KIBUTZ KIBUTZ DAFNA kipá KOTEL LÁGRIMAS LAZER LEMBRANÇA lenços na cabeça LIBERDADE LÍNGUA PORTUGUÊSA LÍNGUAS LITURGIA LOJAS maconha MAGNETISMO MANIFESTAÇÃO Manuscritos mão de Deus mao de Fátima MAQUETES MAR MAR MEDITERRÂNEO MAR MORTO Maral tours MARINA MARINHA MATZÁ medicina MEDITERRÂNEO MEDO medusa MEMÓRIAS MERCADO MERCADO ÁRABE MERCADO DE PULGAS milagres MIMUNA MÍSSEIS MÍSSIL MISTICISMO MODERNO MONTE CARMEL Monte Sinai MORADIA MORAR BEM MORTE MORTES MOSHAV SHA'AR ISHUV Mosteiro MUÇULMANOS MUDANÇA MULHER MULHERES MULTA MUNDO MUNDO MELHOR MURO DAS LAMENTAÇÕES MUSEU MÚSICA NAMAL. PORTO NAMORADOS NAPOLEÃO NATUREZA nazismo nazistas NORTE DE ISRAEL OBRA DE ARTE ODIO ONIBUS Operação Entebbe ORAÇÃO ORQUESTRA ORTODOXOS OSNEI HAMAN PAISAGEM PAIXÃO PALESTINA palestinos palntações PANICO PÃO Papiros Paris PARQUES PÁSCOA PASSEIO PASSEIOS passeios incríveis pastores PÁTRIA PAZ PECUÁRIA PEDESTRE PERIGO perseguição PERSISTÊNCIA pesquisa PESSACH PESSOAS PETRÓLEO PIRÂMIDES PISCINA PLANTAÇÕES PLANTAS POEIRA polêmica POLÍTICA PORTO TEL AVIV PRAGAS PRAIA praia de cachorros PRAZER PRECES PRESENTES PRIMAVERA PRODUÇÃO PRODUTOS PROFETA ELIAS PROJETOS promessa PROTEÇÃO pureza PURIM Qualidade de vida quatro espécies QUEIJO QUIMIOTERAPIA RAKEVET RAMAT GAN REABILITAÇÃO realização reféns REFLEXÃO RELIGIÃO RELIGIOSOS RESERVA NATURAL RESPEITO RESPIRAÇÃO RESTAURANTE RESTAURANTES REUNIÃO REZAS RIACHO RIO RIU FIUME ROMA RUA GOSTOSA RUAS SAL SANTO SEPULCRO saudade SAÚDE SCHUK SECA SEGULOT SEGURANÇA SENSAÇÃO SENTIMENTO SERES HUMANOS SFAT SFED SHABAT SHOPPING Significados SINAGOGA SINGLES SIONISMO SIRENES SOBREVIVENTES SOCIALISMO SOFRIMENTO SOLDADO SOLDADOS SOLDADOS PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS SONHO SORVETERIA SOUVENIRS STARTUP SUBMARINO SUCESSO SUCOT sukot SUPERMERCADOS superstição SUSTENTABILIDADE TACHANÁ TAXI TECNOLOGIA TEL AVIV TELAVIV TEMPEROS TEMPÊROS TERRA SANTA TERRORISMO thc TORA TORÁ TORTURA TRABALHO EM ISRAEL TRACKERS TRADIÇÃO TRADIÇÕES Tragédia TRÂNSITO TRANSPORTE PÚBLICO tratamento TREINAMENTO TREM TRILHA tristeza TRISTEZAS TÚNEIS TURISMO turistas Tutancamon TZAVÁ UNIÃO VELAS VENTO VIAGEM viagens VIDA VIDAS VINHO VIOLÊNCIA VÍTIMAS VOLUNTARIADO VONTADE Yad vashem YAFFO yom kipur