MIMUNA - MAIS UMA FESTA INTERESSANTE

Hoje é o último dia de pessach, a páscoa judaica.
E neste dia acontece a tradicional  festa da Mimuna. 
Os judeus marroquinos costumavam fazer esta festa ao terminar o pessach. E acabou virando costume por aqui.
Ela marca o fim da proibição de alimentar-se com o chametz, isto é, pão e outros alimentos que contenham massa fermentada que são proibidos durante toda a semana da páscoa judaica.
Na mimuna se comem muitos doces, frutas, compotas e festejam até a madrugada. 
Muitos recebem judeus e não judeus, vizinhos.... 
Em todo país se fazem festas nas praças e parques, para comemorar.
No Marrocos eles abriam suas casas para pessoas e os recebiam com doces típicos e faziam uma pita chamada mufleta.
Louças maravilhosas e diferentes eram usadas para decorarem as mesas.
A mufleta é uma receita típica tradicional judaica e também do norte da Africa. Ela parece um crepe doce, feito com água, farinha e óleo cozida numa assadeira até dourar. Depois come-se com mel, manteiga ou algum tipo de xarope doce ou compota.



Em Israel passou a ser uma festa popular não somente de judeus marroquinos.
Hoje a saudação que se costuma dizer é:  תרבחו ותסעדו, ou seja, tirbechu vetisadu, que significa tenham sorte e sucesso.
Muitos acreditam que a origem do nome mimuna é de Maimon, o pai do Rambam (rabino Moshe Bem Maimon) onde marca a data de sua morte ou nascimento.

Com o estabelecimento do Estado de Israel, a maioria dos judeus marroquinos vieram para cá. Alguns foram para a França, Canadá, Estados Unidos e América do Sul.
Muito bacana é poder aprender e participar desses novos costumes e tradições.







Muita sorte e sucesso para você!!!!!




Fonte: Wikipédia, internet

RECENTE

FABRICA DE VELAS EM SFAT MARAL

Viaje pelas postagens...