ZIKHRON YAACOV... UM LUGARZINHO ESPECIAL DE ISRAEL

                           Zikhron Ya'akov


                                                         

Em hebraico, זִכְרוֹן יַעֲקֹב, memorial de Yaacov...uma cidade pitoresca ao norte de Israel.
Com uma população média de 20000 pessoas, Zikhron é uma cidade pequena, linda e turística. Uma cidade somente de casas e prédios baixos. E diga-se de passagem... muitas casas bem bonitas. 
Pertence ao município de Haifa.  Fica a 35km ao sul de Haifa.
Foi um dos primeiros assentamentos judaicos no país, fundada em 1882 pelo Barão de Rothchild e nomeado em homenagem a seu pai. 
Passamos por ela neste fim de semana e fiquei encantada com a beleza e simpatia da cidade, 
assim como com a rua principal, Rechov haMeyasdim, onde tem um calçadão muito simpático, cheio de lojas de arte, de vinho, galerias, restaurantes e bares.
No meio do caminho nos deparamos com um rapaz cantando uma  música linda, viajando em suas notas, como se ninguém estivesse ali. Amei!!!
Zikhron foi fundada em dezembro de 1882 quando 100 judeus pioneiros da Romênia do movimento Hovevei Zion, compraram um terreno em Zammarin. Com a dificuldade de trabalhar  o solo rochoso e um surto de malária levou muitos deles a saírem de lá.
Em 1883, o Barão de Rothschild tornou-se o patrono da cidade e elaborou planos para seu layout residencial e economia agrícola.
Zikhron foi uma das primeiras colônias agrícolas judaicas que ficou sob o comando do Barão, juntamente com Rishon LeZion e Rosh Pinna. 
O Barão planejou a construção de casas na cidade e também encomendou a construção da Sinagoga Ohel Yaacov, em homenagem a seu pai, para servir a cidade. Sem poupar gastos para construir o edifício, a sinagoga apresenta uma majestosa arca feita de mármore branco e foi inaugurada em 1886 e existe  até hoje. 
Após uma série de fracassos econômicos, em 1885 Rothschild ajudou a estabelecer a primeira adega em Israel, Carmel Winery, juntamente com uma fábrica de engarrafamento em Zikhron Yaakov. 
Este foi mais bem sucedido economicamente, embora tenha sido inicialmente de curta duração, pois em 1892 as videiras sucumbiram a um tipo de parasita, a filoxera. Depois disso, mudas americanas que eram resistentes ao parasita foram cultivadas e a adega começou a florescer novamente. 
Hoje, a vinícola continua em ação, como fazem as grandes adegas que foram esculpidas na montanha há mais de um século atrás. Em 1954, os restos mortais de Baron Edmond de Rothschild foram enterrados em Zikhron Yaakov.
Amei pelo lugar, amei pois como artista que sou, me identifiquei com o local. 
Uma mistura de Embú das artes de São Paulo com Vila Madalena. 
Enfim .... maravilhoso!!!!
Mais um passeio imperdível em Israel.














































































































































RECENTE

FABRICA DE VELAS EM SFAT MARAL

Viaje pelas postagens...