CHAMSA? O QUE É ISSO?

Chamsa

Algumas pessoas me perguntaram o que é a chamsa (lê-se ramsa), que mãozinha é essa que tantos usam?
Então resolvi esclarecer para você.
Afinal...o que é a chamsa???
Em árabe significa literalmente cinco. Em hebraico, chamesh... cinco. É um talismã parecido com a palma de uma mão com 5 dedos estendidos. Muito usado por judeus e árabes como amuleto contra o mau olhado.
Também chamada de chamsa, mão de Deus, mão de Fatima, mão de Miriam e mão de Hamesh.
No judaísmo é chamada de mão de Miriam, irmã de Moisés e Arão. Seu uso como amuleto entre os judeus é muito comum, seja pendurada no pescoço, seja na parede, no carro ou na carteira para se proteger do mau olhado.
Aqui em Israel a maioria dos estabelecimentos comerciais e em muitas residências tem um chamsa pendurado na parede. Sempre observo isso. Acho interessante que essa superstição acompanha a todos há muitos anos e todos acreditam na força dessa figura que pode vir acompanhada de uma benção,  (da casa, do trabalho, da criança, da saúde....) de um desenho ou um trabalho bonito aplicado sobre ela.
No Islã representa a mão de Fátima, filha de Maomé. Associam aos cinco mandamentos que todo muçulmano precisa cumprir... jejuar e observar as obrigações no mês de Ramadã, fazer a peregrinação à Meca, orar cinco vezes ao longo do dia diariamente, fazer caridade e professar e aceitar o credo.

No Budismo a chamsa é chamada de Abhaya Mudra e possui o significado de dissipação do medo. 
Segundo eles, o destemor é umas das principais virtudes, é o fruto da perfeita auto- realização, significa o redescobrimento da não-dualidade.


Existem provas arqueológicas que mostram o símbolo da chamsá utilizado como um escudo contra o mau-olhado já muito antes do surgimento do judaísmo ou do islamismo. 
No Egito a chamsa é muito popular e é encontrada em diversas formas desde jóias , chaveiros e até em azulejos.


O símbolo de um olho incorporado à chamsa teve vários nomes ao longo dos tempos... olho de Fátima, olho de Deus...

Alguns estudiosos interpretaram como um amuleto judeu, cristão e islâmico, assim como um símbolo pagão da fertilidade. É reconhecido também como um amuleto cabalístico e símbolo importante na arte judaica.

A figura de um olho incorporado na palma de uma mão aberta teve vários nomes ao longo dos tempos, incluindo a chamsa, o olho de Fátima, a mão de Fátima e a mão de Miriam. O formato às vezes é prestado de forma natural e outras vezes de forma simétrica com um segundo polegar substituindo o dedo mindinho.

A chamsa foi por diversas vezes, interpretada por estudiosos como um amuleto judeu, cristão ou islâmico e como um símbolo pagão da fertilidade. No entanto, mesmo que a forma mágica permanece envolta em mistério e acadêmicos debatem quase todos os aspectos de seu surgimento, é reconhecido hoje como um amuleto cabalístico e como um símbolo importante na arte judaica.

De acordo com a Universidade de Chicago, professor Ahmed Achrati, a chamsa não necessariamente surgiu  num contexto religioso. A forma da mão aberta aparece em cavernas paleolíticas em França, Espanha, Argentina e Austrália, incluindo um sítio arqueológico na Argélia, que ganhou o nome de A Caverna das Mãos.

Muita gente coleciona várias chamsas em suas casas. 
É utilizada como jóia, em chaveiros e é uma figura muito popular em Israel. Entre os judeus é muito comum colocar a figura da chamsa pendurada nos carrinhos de nenês para serem protegidos.

Só sei de uma coisa....Acreditar em alguma coisa positiva nunca é demais.

Por que não se proteger um pouco? Certamente mal não irá fazer.

Veja abaixo alguns dos que já fiz.

CHAMSA COM A BENÇÃO DA CASA

































































Fontes: Hierophant, cabala, wikipédia, google

RECENTE

FABRICA DE VELAS EM SFAT MARAL

Viaje pelas postagens...